Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Mini Curso Nutrição e Saúde Mental.
Visita do Colégio Militar de Portugal ao CCFEx/FSJ
Palestra com Alexandre Pussieldi, treinador de natação olímpica
LEGADO OLÍMPICO SEDIA COPA DO MUNDO DE TIRO ESPORTIVO
Concurso Nacional de Adestramento - Centenário de Escola de Equitação do Exército

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mini Curso Nutrição e Saúde Mental.

Este minicurso foi pensado para quem deseja ampliar os conhecimentos acerca do processo de perda e/ou manutenção do peso, buscar o bem-estar e a qualidade de vida, e a sua relação com a nutrição, a atividade física e a saúde mental. Dentre diversos assuntos, falaremos sobre o conceito de fome emocional. Que é a necessidade de se alimentar para compensar os sentimentos ruins. Este processo liga diretamente a nutrição com a saúde mental, tornando- se uma vilã do emagrecimento e da manutenção de peso. Assim, prejudicando a autoestima e a qualidade de vida.       Este Mini Curso será composto por 7 videoaulas, que serão disponibilizadas na plataforma YouTube, a partir de 16/05 e nas segundas-feiras subsequentes, para que você possa assistir, refletir e interagir conosco, apresentando as suas dúvidas! Inscreva-se no nosso minicurso de nutrição e saúde mental. Clique aqui e se inscreva!

Visita do Colégio Militar de Portugal ao CCFEx/FSJ

No dia 04 de maio, o Centro de Capacitação Física do Exército recebeu a visita pedagógica e cultural da comitiva do Colégio Militar de Portugal. Os militares e professores foram recebidos pelo Gen Cureau, chefe do Centro, e nesta oportunidade fizeram uma visitação ao Sítio Histórico da Fortaleza e ao Museu Desportivo do Exército.

DIA DO HINO NACIONAL BRASILEIRO

  O Dia do Hino Nacional Brasileiro é celebrado em 13 de abril. A escolha dessa data deve-se ao fato de que, na noite do dia 13 de abril de 1831, a música do nosso hino foi tocada pela primeira vez no Teatro São Pedro de Alcântara, na cidade do Rio de Janeiro.  Até abril de 1831, o hino considerado “nacional” era o Hino da Independência, composto pelo próprio imperador D. Pedro I. A história do Hino Nacional do Brasil  é recheada de fatos interessantes, mas infelizmente pouco divulgados.  Tradicionalmente, o que sabemos sobre o Hino é referente aos autores da letra e da música. A música do hino foi elaborada por Francisco Manoel da Silva em 1831e a  letra foi escrita por Joaquim Osório Duque Estrada, somente em 1906, na reforma do hino, pelo Gov Afonso Pena. Com o advento da Proclamação da República, os positivistas exigem um novo hino nacional, pressionando o Mal Deodoro da Fonseca, que se vê obrigado a promover um Grande Concurso para a composição de outra versão do Hino. Participaram do concurso, 36 candidatos; entre eles Leopoldo Miguez, Alberto Nepomuceno e Francisco Braga. O vencedor foi Leopoldo Miguez!  É então promovida uma grande festa de gala para a apresentação do novo Hino Nacional, regido por grande orquestra e na presença da elite da República, após a apresentação da nova versão, o experiente Marechal Deodoro, levanta de sua Tribuna de Honra, e fala em tom bem alto: Maestro toque o hino velho! E já nos primeiros acordes, a platéia  entra em delírio e com efusivos aplausos - literalmente o "teatro vem abaixo", ficou evidente que não haviam aceitado bem o novo hino, já que o Hino Velho havia se tornado extremamente popular e incorporado ao imaginário da Nação. Através da comoção popular, Deodoro da Fonseca disse: “Prefiro o hino velho!” Deodoro, muito estrategista e para não contrariar o vencedor do concurso, Leopoldo Miguez, considerou a nova composição e a denominou como Hino da Proclamação da República. Decreto 171, de 20/01/1890: "Conserva o Hino Nacional e adota o da Proclamação da República." O hino permaneceu por algum tempo sem uma nova letra (a letra de Ovídio Saraiva de 1831 não havia sido bem aceita,  tocavam apenas a música de Francisco Manoel da Silva), até que, em 1906, um membro do Instituto Nacional de Música, chamado Alberto Nepomuceno, propôs ao presidente da República Afonso Pena uma reforma do Hino Nacional Brasileiro. Essa reforma alteraria alguns elementos da parte instrumental e acrescentaria também uma nova letra. Tão logo a reforma foi autorizada, um novo concurso foi feito para eleger a nova letra. O vencedor do concurso foi o professor e poeta Osório Duque-Estrada (1870-1927). A letra de Duque-Estrada tinha a maior parte feita com versos mais longos que os de Ovídio Saraiva, seguindo o modelo apreciado na época e muito utilizado pelos poetas parnasianos, isto é, o verso de dez sílabas métricas com marcação na sexta e na décima sílabas tônicas. Esse verso é conhecido como decassílabo heroico e ajustou-se bem à parte instrumental reformada por Nepomuceno. É importante ressaltar que a canção que representa uma nação, como o Hino Nacional do Brasil, exalta fatos acontecidos, simboliza todas as lutas por ela passadas, carrega a identidade de um povo e a grande responsabilidade de ser o porta-voz da Nação brasileira para o restante do mundo! Em 1909, a nova letra foi eleita em um concurso criado para esta finalidade, escrita por Joaquim Osório Duque Estrada (1870 – 1927), porém veio a tornar-se o Hino Nacional oficial, apenas em 1922, durante as comemorações do centenário da Independência do Brasil.

VÍDEOS EM DESTAQUE

CCFEX - INAUGURAÇÃO DO NOVO MUSEU DO DESPORTO DO EXÉRCITO (MDEx)

Foi inaugurado, no dia 17 de maio de 2021, o novo Museu do Desporto do Exército localizado no interior do Centro de Capacitação Física do Exército, no Rio de Janeiro.

CCFEX - COMEMORAÇÃO AO DÉCIMO ANIVERSÁRIO DOS V JOGOS MUNDIAIS MILITARES

Ocorreu no auditório da Escola de Educação Física do Exército, localizado no Centro de Capacitação Física do Exército, as atividades comemorativas ao décimo aniversário dos V Jogos Mundiais Militares ocorrido no Rio de Janeiro.

CCFEx - ANIVERSÁRIO DE 403 ANOS DA FORTALEZA DE SÃO JOÃO

O aniversário de 403 anos da Fortaleza de São João foi celebrado no dia 29 de junho de 2021. Na ocasião ocorreu a uma Formatura alusivo a data com a presença de autoridades militares e civis no berço da cidade do Rio de Janeiro.

SOBRE O COMPLEXO DESPORTIVO DE DEODORO - LEGADO OLÍMPICO

Video Institucional PROFESP

Retrospectiva 2018

Intitucional Complexo Desportivo de Deodoro - Legado Olímpico

Fim do conteúdo da página